quinta-feira, 10 de junho de 2010

Gentileza


Imagem: Google


Gentileza, meu infante,
não se compra, é pra quem tem;
ser amável, elegante
não custa nada a ninguém.

© Márcia Sanchez Luz

(Menção Especial no Concurso da UBT)

23 comentários:

  1. Concordo plenamente, Márcia - gentileza é via de mão dupla, já dizia o profeta... não custa nada a ninguém. Que lindo. Beijo.

    ResponderExcluir
  2. Marcia, curto e preciso. Sem ser gentil é impossivel uma convivencia amigavel e justa.

    ResponderExcluir
  3. Ficou um cromo, Márcia!Tem a sua marca.

    Carinho,
    Jorge

    ResponderExcluir
  4. Ser Mãe; Outono; Dia Mundial da Paz; Insensatez; e Atitude são sonetos perfeitos, no metro, na cadência, no ritmo e noconteúdo. Estes são sonetos clássicos, autênticos, aque valorizam qualquer página poética. A mesma boa performance é mantida nas trovas Gentileza e Fortaleza. é gostoso ler o que Márcia SAnchez Luz escreve, pois esta é do ramo! Parabéns, amiga, pela riqueza do que escreves. (Humberto Rodrigues Neto)

    ResponderExcluir
  5. Beleza de trova, querida Marcia. Fico pensando no Profeta Gentileza que espalhou pela cidade sua forma de encarar o mundo. Bjos, Grauninha

    ResponderExcluir
  6. O BLOG ESTÁ EXCELENTE.

    PARABÉNS

    ABS
    PAULO ARAUJO
    CINEPLANETA.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  7. Efigênia Coutinho11 de junho de 2010 09:33

    Quanta verdade não é mesmo Marcia?
    Você foi nota MIL, pois acertou em cheio, tudo que sempre devemos ser, e não só escrever!
    Afetuosamente,
    Efigenia Coutinho

    ResponderExcluir
  8. Algumas coisas já nascem conosco, paz.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  9. Parabéns! Bela trova,
    certinha e corretíssima,
    e com recheio.
    Merece prêmio.

    ResponderExcluir
  10. Márcia,
    que sutileza, que beleza! só poderia ter saído de uma pessoa iluminada como você. Parabéns!
    bjs,
    Mauro Lúcio de Paula

    ResponderExcluir
  11. Gentis os convites teus
    me fazem feliz, amiga
    tenho também os meus:

    Convidando tu pro lançamento da minha nova novela, O Império Bandido, terça, 15.6, 19 horas, na Palavraria, Vasco da Gama, 165, Bom Fim, em Porto Alegre.

    ResponderExcluir
  12. Nydia, fico muito feliz com sua visita, viu? Hoje fui passear em seu blog e fiquei encantada com o que li.

    É verdade, Sissym. Por falar nisto, a fada do BlogZoom é um exemplo de gentileza, hein?

    Jorge, você é sempre muito gentil nas palavras e nos gestos. Feliz por tê-lo aqui.

    Humberto, que delicadeza a sua! É um prazer contar com sua presença em meus espaços virtuais.

    Grauninha querida, o importante é ter a gentileza no coração e não só nas palavras. E você é por demais doce e gentil.

    Obrigada, Paulo. Fui rapidamente ao seu blog, mas prometo voltar com calma e deixar um comentário.

    Efi querida, é exatamente isto! Gentileza está na alma. As palavras de nada valem se não trouxerem consigo o sentimento, a atitude. Estou muito feliz em vê-la aqui.

    É vero, Lisette. Deixei um recadinho em seu blog. Obrigada por ter vindo. Paz pra você também!

    ;-) Que mensagem gostosa de ler, Carmem! Agradeço o carinho de sua presença.

    Mauro, sempre fico muito contente e comovida com suas palavras! Obrigada, sempre.

    Adroaldo, poetamigo, desejo a você todo o sucesso do mundo! Infelizmente não poderei estar presente, mas meu coração estará aí vibrando para que tudo seja perfeito.

    Obrigada a todos que aqui vieram, gentilmente, abrilhantar este espaço.

    Beijos

    Márcia

    ResponderExcluir
  13. Márcia, é a sua cara, seu perfil! Seu jeitão, seu jeitinho... Gentil, amável e elegante na literatura e na vida. Todavia, não há que brincar com sua indignação ante as antíteses das posturas acima. Pode aparecer o outro lado do "gatinho" da ilustração acima.
    Abração, e parabéns pela honraria. Seus infantes nos sentimos muito orgulhosos.

    ResponderExcluir
  14. Parabéns, Márcia. É sempre um prazer e um aprendizado ler seus textos.
    Bjus e ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  15. Caio, eu é que me orgulho de ter um amigo como você! É muito bom poder contar com pessoas verdadeiramente elegantes e gentis.
    Obrigada, sempre.

    Lucy querida, o prazer é todo meu em vê-la aqui prestigiando este espaço! Venha sempre que puder, está bem?

    Beijos

    Márcia

    ResponderExcluir
  16. poucas palavras que dizem a mais pura verdade!
    bjao

    ResponderExcluir
  17. Obrigada por ter vindo, Ana. Estou com saudades!

    Beijos

    Márcia

    ResponderExcluir
  18. Márcia querida,

    Gentileza, com certeza,
    Também é flor do jardim;
    Se cuidada com leveza
    Floresce em você e em mim.

    Com Carinho, aplausos para você de
    Regina Coeli/RJ.

    ResponderExcluir
  19. Regina querida, que trova linda! Assim é com nossos amigos - há que cuidar deles com muito carinho.
    Obrigada.
    Agora é minha vez de aplaudir...
    Bravo!

    Beijos carinhosos

    Márcia

    ResponderExcluir
  20. Seja tigre ou elefante,
    é sempre elegante
    a gentileza, beleza!

    ResponderExcluir
  21. E você é sempre gentil, meu querido amigo Adroaldo!

    ResponderExcluir
  22. Ao ler esses seus versos, Márcia, lembrei-me logo do profeta Gentileza, aqui do Rio (você com certeza deve ter ouvido falar dele - criou o bordão "Gentileza gera gentileza").

    De fato, como é gratificante quando conseguimos pôr isso em prática, sem esperar nada em troca. A contrapartida, com raríssimas exceções, é benéfica, revigorante, dá-nos importância a nós mesmos e sintonia com as outras pessoas.

    ------
    Aproveito para lhe dizer que acho seu trabalho muito interessante e de grande sensibilidade, profundez e inteligência.

    Fabbio Cortez

    ResponderExcluir
  23. Fabbio, acredito que tudo o que fazemos com naturalidade nos é gratificante, pois prazeroso. É como amor incondicional...algo talvez possível entre pais e filhos ou entre amigos.
    Obrigada por ter vindo, viu? Fiquei muito feliz.
    Há tempos estou para lhe escrever. Logo que seu livro "Cada dor que anda na rua" foi lançado por Blocos Online, disse à Leila do quanto tinha ficado impressionada com a qualidade de sua poesia.
    Parabéns, Fabbio!

    Um abraço

    Márcia

    ResponderExcluir